Dicas dos especialistas

 

Centro Médico São José disponibiliza exames, consultas e medicamentos contra a osteoporose gratuitamente aos idosos do Nosso Lar São Vicente de Paulo de Boituva

  • Iniciativa foi motivada após mutirão gratuito para diagnóstico da osteoporose realizado pela clínica, que identificou 15 idosos com a doença dentre os assistidos pela entidade.

O Centro Médico São José de Boituva disponibilizou atendimento médico gratuito aos idosos assistidos pelo Nosso Lar São Vicente de Paulo que sofrem com osteoporose. As consultas foram realizadas na última quarta-feira (13/03), após ser servido um café da manhã aos assistidos, cedido pelo laboratório Mantecorp Farmasa, que igualmente doou todos os medicamentos necessários ao tratamento da doença.

A direção do Centro Médico São José promoveu a ação, depois de 15 idosos do Lar terem sido diagnosticados com alterações clínicas nos ossos (a osteoporose causa a diminuição da resistência óssea) no último mutirão gratuito para rastreamento da osteoporose, realizado pela clínica em outubro de 2018.

Dr. Mauricio Mod, médico ortopedista e responsável técnico do Centro Médico São José, falou sobre o problema. “A osteoporose é uma doença silenciosa, que não dá sinais até que ocorra uma fratura, que, em mais de 30% dos casos, pode levar o idoso a óbito, devido às complicações decorrentes de cirurgias e internações. Por isso, é de extrema importância diagnosticar e tratar precocemente esse mal”, afirmou.

Durante os quatro dias de mutirão, cerca de 500 pessoas foram atendidas gratuitamente, sendo que 20% apresentaram alguma alteração e foram aconselhadas a realizar exames completares para confirmação, ou descarte, do diagnóstico. “Com os idosos do Nosso Lar São Vicente foi feito o mesmo. Após as contraprovas, 15 diagnósticos de osteoporose e reduzido nível de vitamina D no organismo foram confirmados”, detalhou Dr. Mauricio.

Os representantes do laboratório Mantecorp Farmasa, Daiane Priscila Franco e Cleiton Gomes dos Santos, também comentaram a iniciativa. “Todos merecem e têm direito à saúde e qualidade de vida, no entanto, muitas pessoas não possuem condições de arcar com atendimento médico e tratamento medicamentoso de qualidade. Por isso, abraçamos essa causa juntamente com o Centro Médico São José e, com esse pequeno gesto, contribuímos para melhorar a qualidade de vida dessas pessoas e, quem sabe, fazer do mundo um lugar um pouco melhor”.

Eliane Aparecida Bertaco, assistente social do Nosso Lar São Vicente de Paulo, afirmou que o auxílio veio em excelente momento. “Sabemos das dificuldades em conseguir exames e atendimento especializado na rede pública, além de bons medicamentos. Com isso, somos muito gratos ao Centro Médico São José e ao laboratório Mantecorp Farmasa. A ajuda que recebemos foi muito mais do que para o corpo, mas também para a alma, pois pudemos sentir o carinho e o amor em cada gesto nas consultas médicas realizadas, o que é importantíssimo para o bem-estar dos nossos idosos”, destacou.

Dr. Mauricio completou que a ação é mais uma demonstração de que o Centro Médico São José está comprometido com a saúde e qualidade de vida da comunidade onde atua. “Sempre reforço que é uma de nossas filosofias trabalhar para devolver à sociedade um pouco do carinho e confiança depositados em nós. Essa ação é mais um exemplo de que não é preciso fazer muito para mudar a vida das pessoas”, concluiu.

Curta o Carnaval com saúde!

  • Especialistas dão dicas para aproveitar a maior festa do Brasil, sem descuidar do bem-estar.

Muita gente já está aguardando a chegada do Carnaval, que, em 2019, ocorrerá em março. Mas, essa espera pode causar ansiedade e fazer com que muitos acabem exagerando durante os cinco dias de folia. Ao extrapolar, a saúde é colocada em risco, afinal, o corpo possui limites que precisam ser respeitados.

Para incentivar que as pessoas desfrutem dessa grande festa, sem descuidar do bem-estar, os médicos especialistas do Centro Médico São José (CMSJ), de Cerquilho (SP), elencaram dicas valiosas:

  • Hidratação: beber água é sempre importante, sobretudo durante o Carnaval, pois as altas temperaturas, aliadas às ruas cheias de gente e praias ensolaradas, aceleram a desidratação. E, atenção: bebidas alcoólicas podem desidratar! A ação diurética do álcool precipita a perda de líquidos, explica a Dra. Daniela Dal Prá, endocrinologista do CMSJ. Dê preferência aos sucos naturais, evitando refrigerantes, que possuem muito açúcar, mas cuidado com a procedência das bebidas. Evite comprar em com condições de higiene inadequadas.
  • Alimentação: ingerir alimentos muito gordurosos pode interromper a festa antes da hora, pois além de a digestão das gorduras ser lenta, o esforço físico das brincadeiras de Carnaval aumenta as chances de sofrer com uma congestão alimentar. Prefira alimentos leves, frescos e em condições adequadas de higiene. Evitar alimentos vendidos na rua e com maionese, que estraga rapidamente, também é uma importante medida contra as intoxicações alimentares, explica a nutricionista Daniela Ferrari Denardi.
  • Protetor solar: seja ao seguir o bloco ou, simplesmente ficar na praia ou piscina. O sol está sempre presente e também é preciso estar atento aos protetores solares. Sempre utilize um produto indicado por dermatologista, que irá indicar o melhor para cada tipo de pele. Também é fundamental utilizar chapéus e óculos de sol. Pessoas mais sensíveis não podem abrir mão da proteção mesmo em dias nublados. A recomendação é da Dra. Bruna Barros, dermatologista.
  • Vacinas: ao viajar, confira se a carteira de vacinação está em dia. Agora no carnaval é de extrema importância falarmos sobre a prevenção de algumas doenças, principalmente as sexualmente transmissíveis e as endêmicas que estão voltando a nos assustar. A prevenção é sempre a melhor opção para aproveitar o seu Carnaval sem preocupações! Previna-se! O conselho é da Patrícia Ruiz, enfermeira da Dr. Vacina, clínica de vacinas do Centro Médico São José, de Cerquilho.
  • Calçados: e, já que estamos falando de pular carnaval, não podemos deixar de lado os calçados, afinal, são eles que protegem os nossos pés, que sustentam o corpo e nos levam para todos os lados. Para curtir sem maltratá-los, prefira calçados fechados e ventilados, como os tênis de caminhada. Nada de chinelos ou saltos muito altos, pois as chances de escorregões, torções e lesões nos pés é bem maior quando se faz uso desses calçados, inadequados para essa situação. A recomendação é do Dr. Mauricio Mod, médico ortopedista especialista em cirurgia do joelho e responsável técnico do Centro Médico São José.

NOSSAS UNIDADES  

Cerquilho
Av. Presidente Washington Luiz nº 392 
Centro
phone icon1 (15)3288-4848

 

Sorocaba
Av. São Paulo, 750
Jardim Árvore Grande
phone icon1 (15)2101-8000

 

Tietê
Rua Dos Expedicionários nº 314
Centro
phone icon1 (15)3285-4848

 

Boituva
Rua José Scomparim nº 230
Jardim Hermínia
phone icon1 (15)3263-8282