Histerossalpingografia – raio x do útero ajuda no diagnóstico  de problemas que impedem mulheres de engravidar

Médico ginecologista fala sobre o procedimento que avalia a anatomia e orienta tratamento de possíveis doenças e malformações uterinas

Por:

Dr. André Rozas, médico ginecologista do Centro Médico São José.

Atendimentos na unidade de Boituva. Tel: (15) 3263 8282.

 

A histerossalpingografia é um exame de radiografia (raio-x) em que é utilizado o contraste iodado para avaliar principalmente a anatomia do útero e tubas uterinas.

As principais indicações são para as pacientes que estão tendo dificuldades para engravidar, no entanto, existem outras recomendações, como, por exemplo, suspeita de malformações uterinas, sejam elas congênitas (de nascença) ou decorrentes de miomatose uterina (mioma), pólipos (lesões internas no útero) ou qualquer outra suspeita de alteração de tuba decorrente de infecções ou cirurgias prévias.

O exame é feito da seguinte forma: a paciente é colocada em posição ginecológica, onde é feito o exame especular, com assepsia rigorosa do canal vaginal e do colo uterino após essa etapa, é introduzida uma cânula, por onde é injetado o contraste iodado no colo do útero.

O contraste irá preencher a estrutura interna, permitindo a avaliação dos contornos e preenchimento do útero e o deslocamento do contraste pelo útero e tubas, até o extravasamento para a cavidade abdominal. Após a colocação do contraste, a paciente é posicionada na mesa de raio-x e são feitas diversas imagens, que posteriormente serão digitalizadas ou impressas, como uma radiografia óssea, em que é possível ver a sequência da formação uterina. A partir disso,  com o resultado do exame em mãos, é possível direcionar o tratamento de uma forma mais precisa, pois teremos uma ideia muito melhor de como está a estrutura interna do útero e, com isso, oferecer o melhor tratamento para a paciente.

As possíveis reações adversas ao exame também são preocupações frequentes das pacientes, no entanto, podemos tranquilizá-las, pois a histerossalpingografia é um exame extremamente fácil de ser realizado. É indolor na maioria dos casos, apresentando poucos efeitos colaterais, sendo os mais comuns um discreto sangramento, que pode ocorrer no dia do exame ou alguns dias depois e algumas cólicas, semelhantes a cólicas menstruais, mas de pequena intensidade.

Mesmo sendo um procedimento simples, é importante que ele seja seriamente discutido com seu médico ginecologista, que te conhece há mais tempo e que irá te explicar a respeito das indicações e as possíveis reações adversas para o seu organismo.

O exame de histerossalpingografia é feito na unidade de Tietê do Centro Médico São José. Para mais informações e agendamentos, entre em contato. Telefone: 15 3285 4848. WhatsApp: 15996163869. Endereço: Rua dos Expedicionários, 314, Centro, Tietê.

Siga nossos canais de comunicação na internet:

Facebook: www.facebook.com/centromedicosaojose

Instagram: www.instagram.com/centro_medico_sao_jose

Site: www.centromedicosaojose.com.br